PF de Mato Grosso ouve controladores de vôo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de outubro de 2006 as 16:46, por: cdb

O delegado da Polícia Federal de Mato Grosso Renato Sayão viajou para Brasília e deve começar a ouvir, nesta segunda-feira, os controladores e supervisores de vôo que trabalhavam no dia do acidente com o Boeing da Gol. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, o delegado deve tomar o depoimento de responsáveis pelo controle do tráfego aéreo das torres de Manaus (AM), Brasília e São José dos Campos (SP) até terça-feira.

Sayão conduz o inquérito instaurado em cinco de outubro pela PF para apurar as responsabilidades sobre a colisão entre o Boeing e o jato Legacy, no dia 29 de setembro. Segundo a assessoria da PF, o delegado quer mais 60 dias para concluir as investigações e apresentar o relatório sobre o caso.

No início da próxima semana, Sayão pedirá à Justiça Federal em Sinop, Mato Grosso, a prorrogação do inquérito. Na próxima quarta-feira, ele retorna para Cuiabá, onde vai esperar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre a competência das investigações, que são conduzidas paralelamente pela PF e pela Polícia Civil do estado.