Petróleo cai mas tensão na Nigéria continua

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 1 de outubro de 2004 as 11:03, por: cdb

Os preços internacionais do petróleo operavam em leve queda nesta sexta-feira, mas o mercado seguia preocupado com a possibilidade de ameaças às instalações da Nigéria. Os contratos futuros em Nova York recuavam US$ 0,14, para US$ 49,50 o barril, quase US$ 1 abaixo do recorde de alta de US$ 50,47 atingido no início da semana.

Em Londres, os preços do Brent eram negociados em baixa de US$ 0,12, para US$ 46,26.
O líder da milícia na Nigéria Mujahid Dokubo-Asari afirmou nesta sexta-feira que o governo do presidente do país, Olusegun Obasanjo, violou um cessar-fogo e que disse a seus homens para abrir fogo contra soldados.

Asari ameaçou explodir uma fábrica de gás natural se as tropas do governo não recuassem.