Petróleo atinge novo recorde de alta

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 7 de outubro de 2004 as 12:28, por: cdb

Os futuros de petróleo negociados em Londres e Nova York bateram novo recorde de alta na quinta-feira, depois que o mercado ignorou a promessa da Opep de aumentar a produção para conter a escalada dos preços e com compras estimuladas por fundos especulativos.

Os contratos do tipo Brent negociados em Londres com entrega prevista para novembro atingiram um novo recorde, atingindo a máxima de US$ 48,50 o barril.

Em Nova York, os contratos com vencimento no mesmo mês também atingiram níveis recordes, chegando à máxima histórica de US$ 52,53, a maior alta desde o início dos contratos.

A alta da quinta-feira acompanhou o fechamento também recorde da quarta-feira depois que o governo dos Estados Unidos anunciou que os estoques de petróleo do país não tinham subido tanto quanto o esperado.

Notícias de que a produção do Golfo do México, abalada pela passagem do furacão Ivan, poderia levar até dezembro para ser retomada também pressionavam os preços.