Petrobras descobre gás natural e óleo em nova área da Bacia de Santos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de janeiro de 2008 as 20:51, por: cdb

A Petrobras informou nesta segunda-feira, em nota à imprensa, que comprovou a existência de uma grande jazida de gás natural e condensado (óleo levíssimo) na camada pré-sal (camada de rochas mais profunda) da Bacia de Santos. Segundo a empresa, o poço principal, que fica no bloco BM-S-24, está a 290 quilômetros da costa do Rio de Janeiro.

A descoberta na área, chamada de Júpiter, foi comunicada hoje à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A Petrobras informou que ainda não há estimativa sobre as reservas de Júpiter, mas sua área pode ter dimensões similares às de Tupi, que havia sido anunciada no final do ano passado como uma das maiores descobertas petrolíferas do país.

“Esse campo vai nos ajudar a ter independência nesse setor”, comentou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, em Brasília, após tomar posse hoje. “Em matéria de gás, tem proporções gigantescas.”

De acordo com a Petrobras, foi confirmada a existência de gás em uma faixa de 120 metros de rocha, localizada a mais de 7.400 metros de profundidade (sendo 2.187 metros de água e 5.252, de rocha).

A nota informa ainda que o consórcio que explora a área de Júpiter, formado pela Petrobras e pela Galp Energia, vai continuar investigando as dimensões da nova jazida e as características dos reservatórios de gás natural e condensado. Um  plano  de  avaliação de descoberta já está em elaboração e, assim que for concluído, será encaminhado à ANP.