Petkovic comemorará discretamente caso marque um gol no Flamengo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de outubro de 2002 as 23:12, por: cdb

Um dia antes de enfrentar o Flamengo pela primeira vez desde que veio para o arqui-rival Vasco, o meia iugoslavo Dejan Petkovic afirmou em entrevista coletiva após o treino desta terça-feira, em São Januário, que, caso marque um gol contra o ex-clube, não irá comemorá-lo efusivamente.

“Primeiro tem que fazer gol, né. Se isso acontecer, vou ficar muito feliz, pois vai ser bom para o Vasco e para mim. A comemoração não vai ser grande, mas vou ficar satisfeito”, admitiu o craque.

Caso realmente marque contra o Fla e não comemore, o meia pode iniciar uma guerra contra uma das principais torcidas organizadas do Vasco, a Força Jovem.

Na sua segunda passagem por São Januário, o Baixinho não comemorava os gols que fazia contra o Flamengo e isso acabou desgastando a sua relação com a torcida, o que culminou com ofensas de parte a parte e até uma ameaça de morte nos vestiários do Maracanã.

Mas, ao falar sobre sua expectativa em enfrentar o Flamengo pela primeira vez desde que deixou o clube, o jogador reconheceu que não se trata de uma partida como outra qualquer.

“Todo mundo fala do clássico. Vasco x Fla não é um jogo qualquer, é especial e todos querem ganhar. Eu vou procurar jogar como qualquer partida, independente de ser contra meus ex-companheiros.Vou dar o máximo, porque do outro lado eu sempre fui bem e vou tentar manter o mesmo nível”, prometeu.