Peter Jackson diz que evitará imitar o King Kong original

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 6 de setembro de 2004 as 12:52, por: cdb

O diretor neozelandês ganhador do Oscar, Peter Jackson, vai concretizar um sonho de infância quando começar a rodar a refilmagem do clássico de 1933 “King Kong” nesta semana, em sua cidade natal, Wellington.

Em seu estúdio na capital neozelandesa, o diretor da trilogia “O Senhor dos Ánéis” contou a jornalistas na semana passada que sua primeira tentativa de filmar “King Kong” foi feita quando ele ainda era criança. Envolvia uma câmera Super 8 e um modelo do edifício Empire State feito de cartolina.

“É ótimo finalmente poder fazer o filme. Esse é um filme que eu amo desde criança e que realmente me inspirou a querer ser cineasta”, contou Jackson.

Além de ser repleto de aventura e efeitos especiais, o “King Kong” de Peter Jackson também será um estudo psicológico de um monstro — e, é claro, uma história de amor.

Jackson disse que vai homenagear o “King Kong” original, estrelado por Fay Wray — que morreu em 8 de agosto, aos 96 anos — e conservar “o mistério e romance de uma era passada”. Mas os personagens, que incluem Ann Darrow (Naomi Watts), Carl Denham (Jack Black) e Jack Driscoll (Adrien Brody), não serão cópias dos personagens do filme original.

“Queremos apenas fazer um filme de aventura misterioso e maravilhoso”, disse ele. “É sobre gorilas, sobre dinossauros, sobre ilhas perdidas, sobre esse amor.”

Naomi Watts contou que aceitou o papel sem nem sequer ter visto o roteiro. “A história é muito simples e muito humana, e é por isso que estou aqui”, disse a atriz.

Peter Jackson optou por Jack Black durante os eventos sociais que cercaram a entrega do Oscar, em fevereiro, quando ele ganhou três prêmios pela parte final da trilogia “Senhor dos Anéis”, “O Retorno do Rei”.

Jack Black contou que, desde que assistiu aos filmes “Senhor dos Anéis”, queria trabalhar com Peter Jackson.

“Eu me lembro de pensar: ‘Cara, preciso fazer um teste para o próximo trabalho dele’. Mas então pensei: ‘Isso não vai funcionar. Todo o mundo vai querer estar no próximo filme dele. Desista!”‘

“Logo depois, recebi um telefonema para ir conversar com eles sobre ‘King Kong’. A gente espera a vida inteira para receber uma ligação dessas.”

Andy Serkis, que foi a voz e o modelo humano do personagem Gollum, gerado por computador, em dois dos filmes da trilogia dos Anéis, vai fazer o mesmo pelo gorila gigante e, além disso, representar um papel “vivo”, como cozinheiro.

Peter Jackson sofre de enjôo quando está no mar e pretende usar muitas locações em terra para filmar várias cenas, incluindo as passadas no navio a vapor Venturer, que leva o gorila gigante até a “civilização”.

Os efeitos especiais ficarão a cargo da Weta Digital e da Weta Workshops, firmas neozelandesas que ganharam Oscar por suas criações em “O Senhor dos Anéis”.

Antes de Peter Jackson ter seu sucesso estrondoso com a trilogia, Hollywood tinha recusado sua tentativa de refilmar “King Kong”. “O Retorno do Rei” fez história ao ganhar o Oscar nas 11 categorias em que foi indicado.

Consta que “King Kong” pode custar até 130 milhões de dólares para ser feito. Peter Jackson gastou 300 milhões para fazer os três filmes “Senhor dos Anéis”, que, juntos, renderam 3 bilhões de dólares em todo o mundo.

“King Kong” tem lançamento pela Universal Studios previsto para 14 de dezembro de 2005.