Pesquisadores indianos encontraram ouro na urina de vaca

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de junho de 2016 as 11:40, por: cdb

O reitor da universidade frisou que os resultados da investigação devem ser verificados por outros cientistas. Além disso, os cientistas planejam repetir a pesquisa usando a urina de outras raças de vacas

Por Redação, com Sputnik Brasil – de Gujarat:

Os pesquisadores da Universidade Agrícola de Junagadh, no Estado indiano de Gujarat, encontraram ouro na urina dos bovinos de raça Gir, comunica o Indian Express.

A raça Gir foi designada de acordo com a sua região de origem, Gir, no Estado de Gujarat.

A equipe de pesquisa, liderada pelo professor Balu Golakia, anunciou que um litro de urina de vacas Gir contém de três miligramas a 10 miligramas de ouro. O cientista afirmou que os investigadores conseguiram separar e cristalizar o ouro.

Os pesquisadores da Universidade Agrícola de Junagadh, no Estado indiano de Gujarat, encontraram ouro na urina dos bovinos de raça Gir
Os pesquisadores da Universidade Agrícola de Junagadh, no Estado indiano de Gujarat, encontraram ouro na urina dos bovinos de raça Gir

– Tínhamos a informação de fontes antigas sobre a presença do ouro na urina das vacas e suas caraterísticas médicas. Como não havia um análise científica cuidadosa que o provasse, decidimos fazer esta pesquisa. Analisamos 400 amostras de urina de vacas Gir e encontrámos vestígios de ouro – disse o líder da pesquisa, Balu Golakia.

Os cientistas destacam que este resultado é único, já que paralelamente eles estudaram a urina de búfalos, camelos, ovelhas e bodes e não encontraram o metal nobre. O estudo durou cerca de cinco anos.

O reitor da universidade frisou que os resultados da investigação devem ser verificados por outros cientistas. Além disso, os cientistas planejam repetir a pesquisa usando a urina de outras raças de vacas.

Ao mesmo tempo, o laboratório da universidade estuda como é possível usar a urina de vaca para combater as infeções humanas e doenças das culturas agrícolas.

A raça Gir também está presente no Brasil desde 1911 e agora é frequente na maioria das fazendas pecuárias do país. Também é utilizada para gerar o mestiço leiteiro chamado de “Girolando” junto com a raça Friesland-Holstein (também conhecida como holandesa).