Pesquisa Focus volta a prever inflação maior para 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de fevereiro de 2003 as 17:27, por: cdb

Pesquisa Focus divulgada hoje, aponta ligeiro aumento na expectativa de inflação para este ano e manutenção das expectativas para 2004. De acordo com a análise de 100 instituições financeiras e empresas de consultoria, a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar o ano em 12,06%, contra 11,99% previstos na pesquisa anterior.

Para o ano que vem, a projeção manteve-se em 8%. A meta ajustada de inflação para este ano é de 8,5% e de 5,5% para 2004. As estimativas do mercado são de que a inflação fechará fevereiro em 1,5% e março em 0,80%.

Para o IGP-DI em 2003, os analistas elevaram a projeção de 14,69% para 14,74%. O mesmo aconteceu com a expectativa de inflação pelo IGP-M, que passou de 15,15% para 15,42%; e pelo IPC-Fipe, de 11,16% para 11,21%.

O levantamento do Banco Central aponta ainda a expectativa do mercado para o nível dos juros básicos da economia neste ano. De acordo com a pesquisa Focus, a taxa Selic deve fechar o ano em 21,9%, maior do que a estimativa divulgada na semana passada – de 21%. Para 2004, a expectativa manteve-se em 17%.

Ainda de acordo com o documento, a expectativa das instituições financeiras para o superávit primário (não inclui despesas para o pagamento de juros) do setor público em 2003, foi mantida em 4,25% para Produto Interno Bruto (PIB). Para 2004, a previsão também manteve-se em 4% do PIB.

Segundo a pesquisa, o dólar deve fechar este ano valendo R$ 3,65, a mesma previsão divulgada anteriormente. Para 2004, o mercado está esperando que o dólar feche o ano valendo R$ 4.

A pesquisa Focus aponta ainda queda nas expectativas do mercado para o déficit em conta corrente (principal indicador das contas externas brasileiras) que deve fechar o ano em US$ 5 bilhões para 2003 – a previsão da pesquisa anterior era de déficit de US$ 5,70 bilhões. A pesquisa estima que o déficit será de US$ 5 bilhões em 2004 – também a mesma projeção da semana passada.

As estimativas do mercado para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2003 aumentaram ligeiramente desde a última pesquisa semanal feita pelo Banco Central, entre investidores e instituições financeiras. Subiram de 2% para 2,04 % do PIB. As projeções de superávit da balança comercial em 2003 também aumentaram de US$15,90 bilhões para US$ 16 bilhões para 2003. Para 2004, a projeção manteve-se a mesma, em US$ 16 bilhões.