Pesquisa feita em Campinas mostra que 20% dos eleitores venderiam o voto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de novembro de 2003 as 20:07, por: cdb

Pesquisa realizada para a Transparência Brasil revela que um quinto dos eleitores de Campinas, cidade com cerca de 1 milhão de moradores, venderiam seu voto. Bastaria que recebessem uma oferta financeira que julgassem proveitosa. Mas destes, só 27% votariam realmente no candidato comprador.

A compra de votos é o segundo problema mais mencionado pelos eleitores de Campinas, entre vários assuntos relacionados à lisura do processo eleitoral, segundo a pesquisa, que foi realizada em setembro. Um entre sete entrevistados disse que conhece pessoalmente uma pessoa que negocia votos em troca de benefícios materiais e serviços.

Segundo a Transparência Brasil, quando confrontados com uma lista de vários problemas, 49% dos eleitores colocaram a compra de votos entre os primeiros três lugares em uma lista de oito problemas ligados ao processo eleitoral. O problema mais citado foi a desonestidade dos candidatos (76%).

A preocupação com candidatos desconhecidos (35%) e o abuso da máquina governamental em favor de determinados candidatos ficou em terceiro lugar (35%) nas preocupações dos moradores.