Pesquisa diz que a cada 15 segundos uma mulher é violentada no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 29 de agosto de 2003 as 12:16, por: cdb

A cada 15 segundos, uma mulher é violentada no Brasil. Essa violência é física, sexual e psicológica. O dado apresentado pela secretária adjunta de Políticas para as Mulheres, Maria Laura Pinheiro, durante debate transmitido pela TV Câmara, consta de pesquisa da Fundação Perseu Abramo indicando que na maioria das vezes essa violência é praticada dentro do lar.

— É uma vergonha e eu diria que a cada suspiro nosso uma mulher é violentada no Brasil. Além disso existe uma condição de invisibilidade muito grande, pois em geral, até por questões culturais, a mulher não denuncia a violência — afirma a secretária.

Para coibir essa violência, segundo Laura Pinheiro, existem hoje no país 339 Delegacias da Mulher. Destas, boa parte está concentrada na região sudeste. A Secretaria pretende aumentar esse número para mil.

De acordo com a deputada Luiza Erundina (PSB-SP), o problema passa pela reforma política. A parlamentar defende a destinação de 30% dos recursos do fundo partidário para a bancada feminina e reivindica 30% do horário eleitoral gratuíto. Segundo a deputada, essas cotas poderão ampliar a participação da mulher na vida pública do país.

— Com esses meios, a cota formal dos 30% das vagas para mulheres terá efeito, porque assim a bancada de feminina disporá dos recursos necessários para se capacitar politicamente — disse.