Peru tem vantagem sobre o Brasil na Davis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de setembro de 2004 as 15:33, por: cdb

Luis Horna deu a vantagem de 1 jogo a 0 para o Peru contra o Brasil pelo Grupo I do Zonal Americano ao derrotar Gabriel Pitta por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6.4 e 6/4.

Com uma quebra de saque em cada set, Horna não teve dificuldades para garantir o primeiro ponto do Peru no confronto pela repescagem. As duas equipes tentam evitar o rebaixamento para a terceira divisão da Copa Davis.

Na segunda partida de simples de sexta-feira, Ronaldo Carvalho enfrentará o peruano Ivan Miranda, e no sábado Carvalho e Pitta enfrentarão Miranda e Matias Silva na partida de duplas.

Com o boicote dos principais tenistas do Brasil, liderados por Gustavo Kuerten, o capitão Carlos Alberto Kirmayr teve que contar com jogadores desconhecidos – Carvalho é o 439º. colocado no ranking de entradas da ATP, e Pitta é o 734º.

Os tenistas do Peru estão com uma melhor colocação no ranking: Horna é o 34º. colocado e Miranda, o 215°.

Guga e cia afirmam que só voltam a jogar a Davis após a saída do presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Nelson Nastás.

Na quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão dos recursos da Lei Agnelo/Piva para a CBT após observar irregularidades nas contas da entidade.

Nastás afirmou na quinta-feira que “tomará conhecimento da íntegra do relatório do TCU na segunda-feira, em São Paulo, quando retornará de Brasília, onde está acompanhando a Copa Davis, e tomará todas as providências dentro do prazo estipulado”.