Pernambuco vai receber R$ 16,4 milhões para programas de ciência e tecnologia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de setembro de 2003 as 15:47, por: cdb

Pernambuco vai receber R$ 9 milhões de governo federal para investir em projetos da área de ciência e tecnologia. Os recursos foram assegurados hoje pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Roberta Amaral, que assinou cinco convênios com o governador Jarbas Vasconcelos.

Ao todo, os projetos terão R$ 16,4 milhões, já que o estado entrará com contrapartida de R$ 7,4 milhões. A pareceria vai beneficiar estudantes de escolas da rede estadual pública do ensino médio com bolsas de iniciação científica no valor de R$ 80 mensais, doutores de instituições públicas e privadas do ensino superior, núcleos de excelência de pesquisa; jovens pesquisadores e, empresários que desenvolvem inovações tecnológicas nos setores de caprinocultura, vitivinicultura, gesso, lacticínios e confecções.

O ministro destacou que a idéia é estimular os governos dos estados do nordeste a investir em ciência e tecnologia, para promover a inclusão social e reduzir as desigualdades regionais.

De acordo com o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Cláudio Marinho, todos os projetos contemplados são prioritários para as necessidades de Pernambuco.

A execução dos programas inclui a participação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, FACEP e da Financiadora de Estudos e Projetos, FINEP.