Pendência que impedia exportação de carne bovina para Argélia é resolvida

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 10 de setembro de 2003 as 18:59, por: cdb

A missão brasileira que chegou no início desta semana na Argélia para fechar uma série de negociações comerciais conseguiu avanços no setor do agronegócio. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, o governo argelino concordou em importar carne bovina brasileira assim que os documentos sanitários originais que tratam do comércio da carne chegarem à Argélia.

O governo brasileiro estima que os primeiros embarques de carne bovina para a Argélia cheguem a 100 mil toneladas, gerando um volume financeiro anual de aproximadamente US$ 100 milhões.

O acerto, no qual foi entregue a cópia do certificado sanitário que libera a exportação da carne, foi feito esta semana entre o governo argelino, o secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Márcio Fortes, o embaixador brasileiro na Argélia, Isnard Penha Brasil Júnior, e o representante da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Antônio Jorge Camardelli.