Pelotas forma primeira turma de professores deficientes auditivos do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 11 de setembro de 2004 as 20:03, por: cdb

A primeira turma de professores surdos do Brasil, habilitada e qualificada para lecionar em escolas de deficientes auditivos, se formou hoje no município de Pelotas, na região sul do Estado. No início do curso os alunos passaram por procedimentos iguais aos desenvolvidos no ensino regular tradicional do curso de Magistério, freqüentando as mesmas salas de aula que os não-surdos, o que possibilitou o envolvimento com a comunidade escolar, segundo a Secretaria da Educação da cidade.

Quando começaram as disciplinas de Didática, os seis alunos especiais se separaram dos ouvintes, passando a contar com recursos e sala adaptadas, intérpretes e uma pedagogia diferenciada, voltada ao trabalho que vão passar a desenvolver na educação de deficientes auditivos. O estágio dos professores também foi desenvolvido na Escola de Surdos.

A formação é parte da política educacional desenvolvida pela Prefeitura junto à comunidade. A formatura será conjunta com 15 alunos ouvintes. A colação de grau contará com um orador não-ouvinte, acompanhado de um intérprete, e um orador ouvinte. Implementada em 2001, a turma de alunos surdos foi possibilitada a partir da oficialização da Libras (Língua Brasileira de Sinais) no município.