Partido Popular perde maioria absoluta na Câmara de Madri

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 25 de maio de 2003 as 23:53, por: cdb

O Partido Popular (PP, direita) perdeu neste domingo a maioria absoluta na Câmara de Madri, apesar de recuperar a região das Ilhas Baleares dos socialistas.

Após a apuração de 99,42% dos votos, o PP obtinha 55 cadeiras na Câmara de Madri, com o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) conquistando 47 cadeiras e a Esquerda Unida (IU, pró-comunista) 9.

Diante deste quadro, uma aliança de esquerda poderia tirar os conservadores do poder em Madri.

Ainda não havia resultados definitivos por volta das 03H00 local (22H00 Brasília), já que várias queixas provocaram a recontagem dos votos em muitas seções em Madri.

Apesar do eventual tropeço em Madri, o PP recuperou as Ilhas Baleares conquistando 29 cadeiras na Câmara regional, contra 15 para os socialistas, e manteve a maioria absoluta na região de Valença.

O PP também manteve as regiões de Castela e Leão, La Rioja, Cantábria, Murcia e Navarra.

Além de avançar em Madri, a aliança PP/IU manteve a maioria absoluta em Castela La Mancha, onde o presidente regional, José Bono, iniciará sua sexta administração, e em Extremadura.

Os socialistas também venceram na região das Astúrias e em Aragão, enquanto a Coalizão Canária manteve as Ilhas Canárias.