Participação feminina no mercado de internet é de 58%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de novembro de 2003 as 17:12, por: cdb

A participação da mulher no mercado de internet no Brasil está crescendo, segundo pesquisa da E-Consulting, empresa de consultoria. As atividades em que a participação feminina está avançando são relacionadas a conteúdo, design, e-commerce e e-marketing. Segundo o levantamento, realizado em outubro deste ano, as mulheres representam 58% do total de profissionais que atuam na área, contra 54% constatados na última pesquisa, realizada em novembro de 2002.

No comércio eletrônico, a participação chega a 26% do total de profissionais, contra 23% da pesquisa anterior. Nas agências de publicidade, elas representam 61% do total de profissionais, contra 59% do levantamento passado. Nas empresas produtoras de internet, a porcentagem chega a 41%; nas consultorias 30%; e nas integradoras de tecnologia 18%.

Para o coordenador do Strategy Research Center da E-Consulting, Nestor Garcia, as mulheres estão alcançando maior parcela do mercado de internet devido a qualidades como facilidade na comunicação e no contato com as pessoas e também porque a sociedade estaria menos machista.

Segundo Garcia, as mulheres subiram de cargo entre a primeira e a segunda pesquisa. “Parte das mulheres da primeira pesquisa foram consultadas novamente e descobrimos que agora elas estão ocupando cargos de média gerência”, afirma.

A expectativa do coordenador é que, em quatro anos, haja uma posição equiparada entre homens e mulheres nos cargos de gerência e alta gerência. “Daqui a uns cinco anos as mulheres devem chegar a cargos executivos”, prevê Garcia.

A pesquisa foi realizada com 1.050 profissionais de médias e grandes empresas, agências de publicidade, produtoras de internet, integradoras, consultorias e organizações do Terceiro Setor.