Parque de Foz do Iguaçu doa R$ 21,6 mil ao Fome Zero

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de fevereiro de 2003 as 17:02, por: cdb

O Parque Nacional de Foz do Iguaçu arrecadou R$ 21.620,00 no sábado, durante as comemorações do 14º aniversário do Ibama. O valor, referente ao ingresso de 1.960 visitantes, será doado ao Programa Fome Zero, do Governo Federal. A ação aconteceu simultaneamente em 20 dos 52 parques nacionais existentes no país, cujos ingressos variam entre R$ 3,00 e R$ 19.00.

Durante visita ao Parque de Foz do Iguaçu, no sábado, em entrevista concedida no Centro de Visitantes, o presidente do Ibama, Marcus Barros, destacou a importância do relacionamento entre todos os ministérios em nome de um programa de sustentabilidade para o Brasil. “É muito rico esse relacionamento, é muito estimulante e serve para o Brasil ver que existe um relacionamento interno intenso entre meio ambiente e fome. O meio ambiente degradado gera a fome. E a população brasileira deve ser o grande foco disso. Preservando o meio ambiente, a fome será combatida”, afirmou.

Segundo ele, além do valor pecuniário real de contribuição ao Fome Zero, que não é pouco, a adesão ao Programa tem um enorme valor simbólico. “Junto com isso, está não só a questão de saciar a fome, mas também a de dar cidadania, propiciar aos nossos irmãos excluídos a chance que eles têm de inclusão social”, disse.

Marcus Barros disse ainda que o Parque Nacional do Iguaçu foi escolhido para participar das doações de renda ao Programa Fome Zero, por se tratar de um parque modelo. “A escolha expressa nosso sentimento e compromisso em relação ao Programa Fome Zero, um programa emblemático do nosso governo”.

O presidente do Ibama demonstrou ter ficado impressionado com o relacionamento que existe com as empresas que atuam no Parque e acredita que o exemplo poderá ser copiado em outros parques nacionais que tenham um fluxo parecido de visitantes. “Quando eu vejo uma indústria química pesada contribuir efetivamente com uma escola-parque dentro de um parque nacional do Brasil, isso é uma vitória”.