Parlamento da Jordânia vota contra punição severa para ‘crimes de honra’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de setembro de 2003 as 02:35, por: cdb

O Parlamento da Jordânia votou em peso contra a proposta de uma lei que propõe punições mais severas para os homens que matam mulheres de sua família no que é conhecido como ‘crimes de honra’.
 
Essa foi a segunda vez que o Parlamento rejeita a proposta de uma lei contra esse tipo de assassinato e que é comumente cometido por irmãos e pais de mulheres que tiveram sexo fora do casamento.

Islâmicos e conservadores se opõe à nova lei alegando que ela vai incentivar o vício e destruir valores sociais.

Outro projeto de lei que permite que mulheres se divorciem de seus maridos foi repassada para um comitê parlamentar para ser analisado com mais profundidade.