Paraná x Grêmio: quem ganhar, fica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 14 de novembro de 2002 as 00:16, por: cdb

Paraná Clube e Grêmio se enfrentam às 20h30 desta quinta-feira, no Pinheirão, tendo a vitória como meta, mas com objetivos distintos. Para o tricolor paranaense, ganhar significa livrar-se de vez do fantasma do rebaixamento. Já os gaúchos querem vencer para consolidar a classificação à próxima fase do Campeonato Brasileiro.

Na classificação, o Grêmio ocupa a sétima posição, com 37 pontos, e o Paraná a 21ª, com 26 pontos. A necessidade de vitória é maior para o tricolor paranaense, mas mesmo assim o técnico Caio Júnior prepara um esquema cauteloso para enfrentar os gaúchos.

Desfalcado de jogadores importantes, como o zagueiro Roberto, o lateral Cris e o meia Goiano, o treinador tende a resguardar mais a sua defesa, escalando Fernando, Wellington e Fábio Luís, e promovendo as voltas de Bosco e Sidnei.

O Grêmio também está desfalcado. O artilheiro Rodrigo Fabri – goleador do Brasileiro, com 18 gols – está suspenso e o ataque deve ser formado por Adriano Chuva e Luís Mário. O problema é que o Tricolor só fez um gol com essa dupla em campo. Tite aposta em Chuva porque este conhece bem o Paraná, clube que defendeu no primeiro semestre.

PARANÁ x GRÊMIO

Data: 14/11/2002 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Local: Pinheirão, em Curitiba
Árbitro: Edílson Pereira de Carvalho (Fifa/SP)
Auxiliares: Carlos Donizete Pianosqui (SP) e Francisco Rubens Feitosa (SP)

Paraná: Marcos, Wellington, Fernando e Fábio Luís; Bosco, Sidnei, César Romero, Émerson e Fabinho; Márcio e Maurílio.
Técnico: Caio Júnior.
Grêmio: Danrlei, Polga, Caudiomiro e Roger; Adriano, Gavião, Tinga, Lauro e Gilberto; Luís Mário e Adriano Chuva.
Técnico: Tite