Para Paris Hilton, pena é ‘injustificada’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de maio de 2007 as 16:01, por: cdb

Paris Hilton descreveu a punição como cruel e injustificada e ainda demitiu seu porta-voz, Elliot Mintz, a quem culpou por levá-la à atual situação.

Visivelmente chocada com a decisão da Justiça americana, a socialite de 26 anos disse que Mintz havia lhe dito que poderia dirigir dessa forma por motivos profissionais. Mas um juiz de Los Angeles, que determinou que ela violou a condicional por uma transgressão anterior, rejeitou seus argumentos e mandou que se apresente até 5 de junho para cumprir a pena.

– Falei a verdade -, disse ela a fotógrafos que esperavam do lado de fora de sua casa em Los Angeles na noite de sábado.

O advogado de Paris, Howard Weitzman, afirmou que vai apelar para “modificar a sentença”.

Os problemas de Paris começaram em setembro passado, quando ela foi detida por dirigir bêbada. Em janeiro, ela recebeu uma sentença condicional de três anos e sua habilitação foi suspensa.