Papa pede paz em missa do galo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de dezembro de 2003 as 08:34, por: cdb

O Papa João Paulo 2º venceu as baixas temperaturas em Roma e fez um apelo à paz mundial durante a tradicional missa do galo, nesta quinta-feira, no Vaticano.

O papa, que se opôs à guerra liderada pelos Estados Unidos no Iraque, disse em sua homilia que a violência no mundo “prejudica a coexistência pacífica das nações”.

– Sangue demais ainda está sendo derramado no mundo! Violência e conflitos demais – disse o pontífice.

Aos 83 anos, o papa tem reduzido suas aparições em público por causa de seus problemas de saúde.

Ameaça

No entando, ele deve manter a tradição e proferir mais tarde, na Praça de São Pedro, sua tradicional mensagem Urbi et Orbi, dirigida a todos os fiéis do mundo.O papa sofre de mal de Parkinson e artrite, o que prejudica sua habilidade de ler discursos, ficar de pé e caminhar.

Medidas extraordinárias de segurança foram adotadas no Vaticano, depois que agências de inteligência advertiram que o local poderia ser o alvo de um atentado extremista.Segundo o correspondente da BBC em Roma David Willey, o trânsito de veículos à noite pelas ruas e avenidas que levam à Praça de São Pedro foi proibido.