Papa pede aos peregrinos de Fátima uma oração pela paz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de maio de 2003 as 16:11, por: cdb

O Papa João Paulo II pediu nesta terça-feira, por meio de uma carta, que os mais de 13.000 peregrinos reunidos no Santuário Mariano de Fátima comemorassem o aniversário da primeira aparição da Virgem Maria a três crianças, em 1917, orando pela paz no mundo.

Na carta lida pelo Bispo de Fátima, Serafim Ferreira e Silva, o Santo Padre abençoou os peregrinos e demonstrou seu carinho pela causa de Fátima.

João Paulo II também pediu aos fiéis que suas orações recaiam sobre as nações que sofrem com a guerra e a miséria.

A leitura da mensagem do Bispo de Roma foi precedida pela bênção das estátuas dos beatos Francisco e Jacinta Marto, colocadas junto à capela da Reconciliação.

Este ano, o Santuário convidou o cardeal Saraiva Martins, prefeito da Congregação para a causa dos Santos, para presidir as celebrações dedicadas ao tema “O dia da Senhora é todos os dias”.

Durante a homilia da eucaristia de desta terça-feira, Saraiva Martins denunciou a perda do sentido do pecado no mundo e apelou, além disso, para que a Igreja atue na luta contra a secularização do mundo.

O cardeal português disse que a Igreja deve assumir compromissos mais concretos na “defesa da família como sociedade natural fundada no casamento”.

Além disso, Saraiva Martins se referiu às guerras que afetam o mundo e pediu uma oração pelo sofrimento que elas causam.

Quanto à presença de fiéis, os serviços de atendimento ao peregrino do Santuário Mariano de Fátima atenderam mais de 13.000 pessoas, entre as quais a maioria requereu a confissão (8.885) e 1.881 lavaram os pés.

Outros 962 fiéis foram atendidos no posto de socorro e 425 precisaram de atendimento médico no hospital do Santuário.

Para poder atender as necessidades de todos os peregrinos, a organização estabeleceu um serviço de ajuda com 261 pessoas, entre assistentes, médicos e enfermeiros.

As autoridades portuguesa, ante a possibilidade de transmissão da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars, na sigla em inglês), organizaram um dispositivo de segurança integrado por 300 membros, entre os corpos de forças de segurança e bombeiros.

Milhates de peregrinos passaram a noite da última segunda-feira (12) dormindo nas imediações do Santuário para assistirem à eucaristia matutina, no grande dia das comemorações da Virgem de Fátima.