Palocci diz acreditar na recuperação do emprego e da renda em 2004

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de novembro de 2003 as 15:30, por: cdb

O ministro da Fazenda, Antonio Palloci, está otimista quanto à recuperação do emprego e da renda em 2004. Ele explicou que este ano o país teve uma inflação passada alta e uma inflação futura baixa, que é menos da metade da anterior. Essa questão, somada aos resultados dos dissídios ocorridos neste segundo semestre, nos meses de outubro e novembro, que elevaram os salários acima da inflação passada, “indica, em comparação com a inflação futura, que vamos ter uma recuperação de renda no ano que vem”.

Palocci afirmou que emprego e renda são questões fundamentais em um projeto de desenvolvimento consolidado. Observou, no entanto, que o emprego reage mais devagar à retomada da atividade econômica, porque a primeira atitude das empresas não é contratar, mas aumentar hora extra e dias de atividade. – Esperamos que naturalmente isso venha. É um esforço que o governo vai fazer, porque a questão do emprego é fundamental para o país – disse o ministro.

O ministro, que fez palestra no 23º Encontro Nacional do Comércio Exterior, voltou a afirmar que a redução dos juros básicos da economia possibilitará a retomada do crescimento em 2004. Ele disse ainda que a condução da política monetária é uma prova de que o Banco Central acredita no crescimento sem inflação. Palocci negou que a mudança na Cofins irá aumentar a carga tributária.