Palmeiras empata e é eliminado da Mercosul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 17 de outubro de 2001 as 17:38, por: cdb

O Palmeiras empatou com o Grêmio em 0 a 0, jogando em casa, e encerrou sua participação na primeira fase da Copa Mercosul. Com a derrota o alviverde foi eliminado e o tricolor gaúcho se classificou invicto para a próxima fase.

No jogo onde se faltou gol, o que sobrou foram as vaias. É o segundo jogo onde a torcida palmeirense vaia o time, o outro jogo foi na derrota para a Portuguesa por 2 a 0, pelo Brasileiro.
O primeiro tempo do jogo foi bom, os dois times criaram bastante, mas na hora de finalizar… O time paulista perdeu pelo menos cinco chances de gols nos primeiros 20 minutos de jogo e ainda reclamou de dois pênaltis não marcados pelo árbitro Márcio Resende de Freitas. E aos 23 minutos o Palmeiras desperdiçou sua melhor chance. Em um contra-ataque rápido, Tiago Genil cabeceou a bola na trave e no rebote, Magrão chutou a bola na outra trave.

O Grêmio logo respondeu três minutos depois. Cláudio Pitbull cobrou falta e o jogador do Palmeiras, Alexandre, tirou a bola em cima da linha, evitando o gol do time gaúcho. No final do primeiro tempo, mesmo com o estádio praticamente vazio, o técnico Celso Roth escutou os gritos dos poucos presentes o chamando de “burro”.

O segundo tempo começou agitado e logo aos 2 minutos, Marcos defendeu um chute de Cláudio Pitbull. Mas depois disso o jogo caiu de produção e foi ficando feio. A torcida vaiava cada vez mais os jogadores e o treinador do time. E aos 11 minutos, o meia Lopez foi expulso e as vais aumentaram ainda mais. O tricolor gaúcho aumentar o ritmo do jogo nos contra-ataques, mas falhou muito na hora de finalizar.
Aos 25 minutos o Palmeiras colocou Fábio Júnior e Edmilson no lugar e Misso e Tuta, mas eles também erraram muito na hora de concluírem as jogadas. E no final do jogo Magrão e Adriano foram expulsos.

Com o empate o Grêmio ficou em primeiro no Grupo E, com 14 pontos. O time gaúcho está há 12 jogos sem perder, a última derrota foi para a Ponte Preta, no dia 29 de agosto, por 3 x 2. Já o Palmeiras, que foi finalistas nas três edições do torneio e campeão em 1998, não passou da primeira fase.