Pais de libanês seqüestrado pedem a libertação do filho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 4 de outubro de 2004 as 08:07, por: cdb

Os pais de Mohamad Hussein, libanês mantido refém no Iraque, pediram aos seus seqüestradores que o libertem. A empresa para a qual o seqüestrado trabalha garantiu que suspendeu suas atividades no país árabe. 

– Sou uma mãe muçulmana praticante. Como puderam ter seqüestrado meu filho que é um muçulmano como vocês? Rogo que tenham piedade. Prometo que Mohamad não vai voltar ao Iraque – afirmou a mãe do refém.

Por sua vez, o pai do refém reiterou que os seqüestradores querem que a empresa elétrica Yubailm que emprega seu filho, abondone Iraque.

A companhia garantiu, em um comunicado, que havia suspendido as atividades no Iraque desde junho passado.