Oswaldo de Oliveira diz não estar frustrado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de janeiro de 2003 as 13:29, por: cdb

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) optou por Carlos Alberto Parreira. Sendo assim, o sonho de dirigir a Seleção Brasileira, pelo menos temporariamente, terminou para Oswaldo de Oliveira.

No entanto, o técnico do São Paulo afirmou nesta quarta-feira que não ficou frustrado. “Lamento apenas o tempo desperdiçado por eu ter falado tanto tempo sobre algo que não aconteceu. Disse várias vezes que não havia sido convidado”, disse, em entrevista coletiva no CCT da Barra Funda.

Antes do anúncio, Oswaldo era apontado como favorito ao cargo. Especulava-se que Parreira seria o coordenador-técnico.

“O assédio da imprensa me incomodava e duvidaram da minha palavra. Esse não é o caminho correto e eu gostaria de ser mais respeitado”, acrescentou, procurando demonstrar tranqüilidade.

Sobre a escolha da CBF, Oswaldo foi só elogios. “Trata-se de um excelente profissional. Vive um grande momento e eu o admiro muito”, disse.