Oscar rende 78,3 milhões para a emissora de TV ABC

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de março de 2003 as 14:29, por: cdb

Apesar da apreensão com os índices de audiência, a cerimônia do Oscar está comprovando ser um pote de ouro. A transmissão pela TV em 23 de março já rendeu um recorde de 78,3 milhões de dólares de anunciantes para os cofres da ABC.

Nenhum dos cinco indicados a melhor filme é exatamente um “Titanic” em termos de bilheteria, mas a ABC embolsará uma média de 1,35 milhão por cada comercial de 30 segundos, uma alta em relação aos 1,29 milhão do ano passado.

Os anunciantes acreditam que a perspectiva de guerra poderá aumentar o interesse do telespectador na festa escapista.

“O prêmio da Academia é um programa que atrai um grande número de formadores de opinião entre seus espectadores, como também pessoas que geralmente têm maior renda e mais educação do que as pessoas que assistem aos outros programas de entretenimento durante o ano”, disse o vice-presidente de vendas da ABC, Geri Wang.

Anunciantes como P&G, General Motors, McDonald’s, American Express, Pepsi, Anheuser-Busch, AOL Time Warner, Kodak e MasterCard já garantiram seu espaço.

“O sucesso da ABC reflete o mercado forte da publicidade. Com seu glamour, brilho e altos índices de audiência, muitos anunciantes consideram o prêmio da Academia como o lugar ideal para mostrar seus produtos”, disse o presidente de transmissão nos Estados Unidos da Mediavest,Mel Burning.

Anunciantes do Oscar estão pesquisando para saber o que fazer no caso de uma guerra dos EUA contra o Iraque.

“Nossas pesquisas mostram que no meio de uma guerra os espectadores querem assistir notícias e informação. Eles também querem entretenimento, mas um tipo de programação calorosa, confortante, familiar, e não realismo. E o Oscar se encaixa perfeitamente nessa categoria”, disse Burning.