Os 400 moradores de um condomínio de Taipé já estão livres

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de maio de 2003 as 04:05, por: cdb

As autoridades de Taiwan encerraram nesta terça-feira, a quarentena de cerca de 400 moradores de um complexo residencial de Taipé que permaneciam isolados desde a sexta-feira passada, após ser detectado que não há contaminação de Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars, pela sigla em inglês) no lugar.

A partir das 12h local (1h de Brasília), os moradores do complexo Huachang, situado no distrito de Wanhua, ficaram livres da quarentena em suas residências, embora devam continuar a usar máscaras e medindo a temperatura diariamente.

Na segunda-feira, cerca de 2.000 soldados desinfetaram a área residencial e seus arredores, e além disso realizaram análise da água e dos encanamentos para verificar se não havia vírus nas instalações.

No entanto, algumas residências dessa mesma área continuarão isoladas após o diagnóstico de dois casos de febre em casas próximas a de um ancião que morreu há dez dias por causa da pneumonia atípica.

No hospital militar da capital foi ampliado o alarme pela doença depois que um médico e três enfermeiras tiveram febre alta e sintomas similares aos da Sars.

No entanto, em outros locais da capital a situação começa a voltar à normalidade, como nas lojas comerciais de Sogo, que hoje retornou ao grande movimento habitual após permanecerem vários dias fechadas ao público quando foi descoberta que uma funcionária havia contraído a doença.

No mundo todo, a Sars causou mais de 550 mortes e cerca de 7.500 de doentes, segundo a Organização Mundial da Saúde.