Oposição quer impedir criação de parlamento no âmbito da Unasul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 31 de maio de 2011 as 14:55, por: cdb

O líder do DEM, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), informou que o partido vai apresentar um destaque para retirar do Projeto de Decreto Legislativo 1669/09, que cria a União de Nações Sul-Americanas (Unasul), a formação de um Parlamento Sul-Americano com sede em Cochabamba, na Bolívia. A votação da proposta está prevista para hoje.

Segundo Magalhães Neto, como o custeio desse parlamento será proporcional ao tamanho dos países que compõem a organização, o governo brasileiro terá de arcar com mais da metade dos seus custos.

O líder do PSDB, deputado Duarte Nogueira (SP), criticou a decisão do governo de abrir mão da MP 522/11, que libera R$ 780 milhões para atender municípios da região Sudeste atingidos por fortes chuvas. “A perda de eficácia da MP impede a utilização de 49% desses recursos”, criticou. Ele disse ainda que cobrou, durante a reunião de líderes, a votação da regulamentação da Emenda 29 e do projeto que altera o Supersimples.

Os dois líderes informaram que vão retomar na quarta-feira as tentativas de convocação do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, para explicar a sua evolução patrimonial e os clientes atendidos pela sua empresa de consultoria, a Projeto.

Tempo real:17:02 – Líder confirma intenção do governo de votar UnasulReportagem – Carol Siqueira
Edição – Marcos Rossi