Oposição cobra andamento de propostas de fiscalização sobre Palocci

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 31 de maio de 2011 as 15:25, por: cdb

O líder do DEM, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), cobrou que seja dado seguimento às propostas de fiscalização e controle (PFCs) destinadas a investigar a evolução patrimonial do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci.

As propostas foram apresentadas em cinco comissões diferentes (Constituição e Justiça e de Cidadania; Fiscalização e Controle; Finanças e Tributação; Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado) e dependem de despacho do presidente da Câmara, Marco Maia, que pediu uma análise técnica antes de dar seguimento às PFCs. “Como algumas delas pedem a convocação do ministro em comissões cujo tema não tem nada a ver com o caso, eu pedi que essa questão nova seja analisada do ponto de vista técnico”, disse o presidente.

Marco Maia disse ainda que as tentativas de convocação do ministro são legítimas. “Tanto a posição da oposição de querer convocar quanto a do governo de evitar que isso aconteça são legítimas”, disse o presidente, segundo quem o caso Palocci não foi tratado na reunião de líderes de hoje.

Os líderes do PSDB, deputado Duarte Nogueira (SP), e do DEM garantiram que vão retomar nesta quarta-feira (1º) os esforços para tentar aprovar os requerimentos de convocação de Palocci nas comissões. “A ofensiva Palocci será retomada amanhã”, disse ACM Neto.

Tempo real:17:54 – Acordo define votação do projeto da Unasul hoje e do Código de Aeronáutica amanhã17:44 – Oposição quer impedir criação de parlamento no âmbito da Unasul17:02 – Líder confirma intenção do governo de votar UnasulReportagem – Carol Siqueira
Edição – Marcos Rossi