Operação ‘Pressão Máxima’ cerca dois morros no RJ

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de novembro de 2003 as 22:27, por: cdb

A Operação ‘Pressão Máxima’, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, atacou e cercou neste sábado redutos utilizados como ponto de venda de drogas do traficante Paulo César Silva dos Santos, o Linho, nos morros da Pedreira e do Lagartixa, em Costa Barros, e na favela do Jacarezinho, na zona norte da cidade.

A ‘Pressão Máxima’, que começou na última segunda-feira, envolve as Polícias Federal, Civil e Militar. A operação de sábado colocou nas ruas 180 homens.
 
Segundo a Assessoria de Imprensa do Palácio Guanabara, o objetivo das ações é sufocar os traficantes, sobretudo no fim de semana, quando a venda de entorpecentes é maior, para descapitalizar os traficantes, já que a presença da polícia inibe o comércio da droga. Foi próximo ao Morro da Pedreira que, no mês passado, um grupo de traficantes atacou um comboio da Polícia Militar. As ações de hoje serão repetidas amanhã em outros locais.

Um balanço divulgado pela Secretaria de Segurança mostra que, desde segunda-feira, a ‘Pressão Máxima’ prendeu 78 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e apreendeu 31 armas de fogo, de diferentes calibres; 364 quilos de maconha; 3,5 quilos de cocaína e pequena quantidade de haxixe e drogas sintéticas. Carros e motos foram recuperados.