Operação militar mata 87 combatentes do Talebã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de abril de 2007 as 09:11, por: cdb

As forças lideradas pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), anunciaram que mataram pelo menos 87 integrantes do movimento Talebã em uma batalha na província de Herat, no oeste do Afeganistão.

A batalha, no distrito de Shindand, no domingo, durou 14 horas, e contou com a participação de tropas afegãs. Dois dias antes, 49 integrantes do Talebã morreram, de acordo com nota oficial.
Herat fica perto da fronteira com o Irã e militares disseram que a área estava relativamente calma até pouco tempo.

A violência no Afeganistão voltou a níveis não vistos desde a queda do regime do Talebã, em 2001. Cerca de 4 mil pessoas teriam morrido no ano passado na insurreição – 25% civis.
Um contingente de 30 mil soldados da coalizão luta para reduzir a violência e fortalecer a autoridade do presidente do Afeganistão, Hamid Karzai.

Segundo nota oficial de representantes da coalizão, forças especiais dos Estados Unidos acompanhadas pela polícia e outros membros dos países com presença militar no Afeganistão estavam patrulhando o vale de Zerkoh no distrito de Shindand quando atacaram posições do Talebã com morteiros, armas de pequeno porte e granadas lançadas por foguetes.

Atendendo a pedido de apoio dos soldados, aviões atacaram “várias localidades identificadas como inimigas”.

A nota disse que “um total de sete posições inimigas foram destruídas e 87 combatentes do Talebã foram mortos durante as 14 horas de confronto”.