Operação israelense mata uma pessoa em Gaza

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de janeiro de 2005 as 10:11, por: cdb

Um helicóptero militar de Israel disparou mísseis contra um carro palestino na Faixa de Gaza nesta quinta-feira, horas depois de soldados israelenses terem matado um palestino que levava sua vizinha grávida a um hospital em Gaza, de acordo com testemunhas e médicos palestinos

O primeiro incidente aconteceu durante uma incursão do Exército israelense na Faixa de Gaza. Inicialmente, o Exército negou que os soldados tivessem atirado contra o motorista palestino, alegando que os militares participavam de uma operação em busca de extremistas e teriam disparado tiros de alerta quando o carro avançou contra eles.

No entanto, uma fonte militar disse, mais tarde, que os soldados dispararam diretamente contra o veículo, temendo que se tratasse de um carro-bomba. A mulher, Hanan Ahmed Al-Beshawi, de 27 anos, saiu ilesa do ataque e, mais tardem deu à luz um menino, informou o hospital.

– As forças israelenses atiraram diretamente contra o veículo, tendo matado o motorista e ferido dois passageiros. A mulher grávida sobreviveu por milagre – afirmou Assali, baseando-se nas palavras dos sobreviventes.

Horas mais tarde, um helicóptero israelense disparou contra um carro palestino e uma fonte militar israelense disse que “nós atacamos um carro suspeito em uma área aberta ao sul (do assentamento judaico) de Kfar Daron e identificamos um alvo. A Rádio de Israel disse que o ataque não era uma tentativa de assassinar qualquer extremista palestino, mas uma ação contra um suposto carro-bomba.