Operação Guarda-Chuva evita mortes em São Bernardo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 15:09, por: cdb

A Operação Guarda-Chuva da Prefeitura, garantiu que, pelo segundo ano consecutivo, ninguém morresse em São Bernardo do Campo, em decorrência das chuvas de verão. Realizada de 1º de dezembro a 15 de abril, a iniciativa reúne diversas ações preventivas e emergenciais em todo o município, principalmente em comunidades nas quais há riscos de desabamento e escorregamento. O sucesso da operação foi premiado, no mês passado, pelo Ministério do Meio Ambiente.

Segundo balanço feito pela Defesa Civil, durante a operação realizada entre 2011 e 2012, foram registrados 25 desabamentos na cidade, ante 106 no período 2010/2011, primeiro ano de realização da operação. O número de deslizamento e escorregamento também diminuiu. Passou de 233 no período de 2010/2011 para 80 nesta última edição da ação.

As ações de prevenção foram responsáveis ainda pela diminuição do número de imóveis interditados. No período 2010/2011 foram 214 interdições. Em 2011/2012, 126, uma queda de 41%. Desde 2009, a Prefeitura retirou 1,5 mil famílias de áreas de risco.

Como esclarece o secretário de Serviços Urbanos, os incidentes diminuíram porque a Prefeitura tem atuado preventivamente. São realizadas obras para redução do risco de escorregamentos, interditadas casas com indícios de desabamento e acionados sistemas de alerta aos moradores quando a chuva for forte.

“O fato de não termos mortes ou acidentes graves registrados na cidade e a queda significativa no número de atendimentos, em relação à primeira edição da operação, demonstra que estamos no caminho certo e que o trabalho está sendo bem feito”, afirmou o secretário.

Entre as ações que fazem parte da operação estão o aumento da frequência do monitoramento das áreas de risco; a operação Informar pra Prevenir, para preparar os munícipes para o período de chuvas; a operação Alerta Sai de Casa; o mapeamento das áreas de risco do município; monitoramento das chuvas na área urbana por meio de 25 pluviômetros e formação e capacitação de voluntários da comunidade para atuarem em 11 Núcleos de Defesa Civil (Nudecs).

Prêmio – No mês passado, a Operação Guarda-Chuva e outras medidas da Prefeitura para prevenir acidentes decorrentes de chuvas fortes e outros desastres naturais foram premiadas pelo Ministério do Meio Ambiente como as melhores práticas do País.

O trabalho apresentando pela Prefeitura – Ampliação e Efetivação da Atuação da Defesa Civil de São Bernardo do Campo na Prevenção Municipal de Desastres na Área Urbana – será publicado pelo ministério e exposto durante a Semana Nacional do Meio Ambiente, realizada em 4 de junho, e na Rio+20, conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, de 20 a 22 de junho, no Rio de Janeiro.