Operação Furacão: Justiça ouve novos depoimentos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 31 de maio de 2007 as 16:41, por: cdb

Quatro acusados de participar no esquema de corrupção na Operação Furacão, realizada pela Polícia Federal, prestarão os primeiros depoimentos no Rio, nesta quinta-feira, à Justiça Federal, na Zona Portuária.

Serão ouvidos pela juíza Ana Paula Vieira de Carvalho, da 6ª Vara Federal Criminal, os delegados federais Carlos Pereira da Silva e Susie Pinheiro Dias de Mattos, o agente federal Francisco Martins da Silva e o policial civil Marcos Antonio da Silva Bretas, que estavam em Brasília.

Há informações de que outros presos, considerados os chefes da organização criminosa, inclusive Antonio Petrus Kalil, o Turcão, Aílton Guimarães Jorge, o Capitão Guimarães, e Aniz Abrahão David, o Anísio estariam chegando para acompanhar os depoimentos.

O policial Marcos Bretas ainda é acusado de ser o braço-direito de outro preso, Júlio Guimarães, sobrinho de Ailton Guimarães Jorge, o Capitão Guimarães, também denunciado, e de receber a incumbência de efetuar pagamentos mensais das propinas aos policiais e servidores públicos que participavam do esquema.

A Operação Furacão, que teve início em dezembro de 2005, levantou indícios de que os acusados teriam envolvimento em esquema de corrupção em inquéritos contra casas de bingo e jogos ilícitos. Eles também são suspeitos de fornecer informações privilegiadas sobre operações de repressão aos jogos.