Operação acolhe mais de 60 usuários de crack no Parque União

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 as 10:51, por: cdb
Com a chegada das equipes muitos usuários de crack deixaram as proximidades da comunidade
Com a chegada das equipes muitos usuários de crack deixaram as proximidades da comunidade

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) do Rio retomou na madrugada desta quarta-feira, as ações para retirada de população em situação de rua e de combate ao crack na região da comunidade Parque União, na entrada da Ilha do Governador, na Zona Norte da cidade. Na primeira operação conjunta após o atropelamento de Rafael Mota Ribeiro, de 10 anos, ocorrido no último dia 10, foram acolhidas 66 pessoas, sendo dois adolescentes.

O serviço de abordagem social teve início às 3h30. Para a realização do trabalho dos 30 profissionais da SMDS as pistas da Avenida Brasil foram totalmente fechadas ao trafego de veículos por cerca de 30 minutos.

Com a chegada das equipes muitos usuários de crack deixaram as proximidades da comunidade. Alguns arremessaram pedras na direção das 10 vans da Assistência Social que participavam da operação. Durante o bloqueio da via, funcionários da Comlurb retiraram pelo menos três caminhões de lixo e entulho da cracolândia.

A ação contou ainda com o apoio de agentes do 22º BPM (Maré), da Guarda Municipal, da Subprefeitura da Zona Norte, além de uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil. Todos os acolhidos foram encaminhados para as unidades de abrigamento da Rede de Proteção Social do município.