ONU condena força usada por Israel

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de fevereiro de 2003 as 16:16, por: cdb

O alto comissário de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Sérgio Vieira de Mello, denunciou o uso indiscrimado da força por parte do Exército de Israel em áreas civis de Gaza. A assessoria de imprensa de Vieira de Mello divulgou nota segundo a qual o alto comissário se diz “extremamente preocupado com os relatos de que 28 palestinos foram assassinados em Gaza nos últimos dias”.

O documento prossegue: “Este uso indiscriminado da força em áreas civis nunca tem justificativa.”

Ele pede com veemência às autoridades israelenses que “interrompam ações como essas, que só podem prejudicar ainda mais um possível processo de paz na região”.

Vieira de Mello apela ainda para que todas as partes abdiquem de novas ações violentas. No comunicado, o alto comissário da ONU para direitos humanos “manifesta seu pesar aos familiares das vítimas”.

O Exército de Israel iniciou nesta semana uma série de operações na Faixa de Gaza contra o grupo islâmico Hamas, que assumiu a autoria de um ataque que causou a morte de quatro militares israelenses no último sábado. Desde então, pelo menos 33 palestinos já morreram em operações do Exército de Israel na Faixa de Gaza e na Cisjordânia.