OMC condena salvaguardas norte-americanas para o aço

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de julho de 2003 as 11:56, por: cdb

A Organização Mundial do Comércio (OMC) considerou ilegais as tarifas sobre importações de aço impostas pelo governo norte-americano. O presidente dos EUA, George W. Bush, introduziu tarifas de salvaguardas de até 30% sobre o aço importado em março do ano passado.

Os EUA não comentaram o veredito da OMC, mas quando a decisão interina saiu no início do ano, autoridades do governo norte-americano afirmaram que pretendiam entrar com uma apelação.

O governo norte-americano argumentava que essas tarifas eram permitidas pela própria OMC como uma forma de proteger os países da inundação de produtos importados por preços baixos e dar um prazo para a reestruturação dos setores atingidos.

A ação foi o cumprimento da promessa feita por Bush durante sua campanha em 2001.

Bush prometeu proteger a indústria siderúrgica, uma bandeira que teria ajudado na sua vitória em diversos estados. Mas as salvaguardas levaram a UE e sete países a apresentarem uma queixa à OMC.