Óleo de peixe pode prevenir esquizofrenia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 as 10:57, por: cdb

Tomar diariamente uma cápsula de óleo de peixe pode impedir o desenvolvimento de síndromes em pessoas com propensão a doenças mentais como esquizofrenia, aponta um estudo de três meses realizado por uma equipe internacional formada por pesquisadores da Áustria, Austrália e Suíça.

De acordo com a pesquisa, o suplemento parece ser tão eficaz quanto o uso de remédios.

– A descoberta de que o tratamento com uma substância natural pode prevenir, ou ao menos retardar, a aparição de comportamento psicótico nos dá esperança de que pode haver uma alternativa a drogas anti-psicóticas –, afirma o autor do estudo.

Os pesquisadores acreditam que a substância Ômega 3 – presente no óleo de peixe e que já é conhecida por promover corações mais saudáveis – é que produz os efeitos benéficos no cérebro.

Um remédio “natural” seria muito bem-vindo, sustenta a revista especializada Archives of General Psychiatry, já que a medicação convencional anti-psicótica é muito forte e pode apresentar graves efeitos colaterais.

O óleo de peixe, por sua vez, é geralmente bem tolerado pelo organismo e fácil de tomar.

Os pesquisadores testaram o tratamento em 81 pessoas avaliadas com alto risco de desenvolver psicose.

O alto risco apresentado pelos pacientes estava relacionado ou a um forte histórico familiar de esquizofrenia e doenças similares ou eram pessoas que já apresentavam leves sintomas da doença.

Para que o teste fosse realizado, metade do grupo tomou o suplemento com óleo de peixe ao longo de 12 semanas, enquanto a outra metade tomou placebo. Nenhum deles sabia qual tratamento estava recebendo.

Os pesquisadores acompanharam o grupo por um ano para saber quantos desenvolveriam a doença.

Duas pessoas do grupo que tomava a cápsula de óleo de peixe desenvolveram comportamento psicótico, comparado a 11 pacientes do grupo que recebia placebo.

O time acredita que o Omega 3 altera o processo de transmissão de sinais no cérebro.