OIT quer combater trabalho infantil com a divulgação do Bolsa Escola

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de fevereiro de 2003 as 00:04, por: cdb

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) pretende divulgar mundialmente o Programa Bolsa Escola como ação alternativa no combate ao trabalho infantil.

“O Bolsa Escola é um mecanismo preventivo extremamente eficaz, pois atua como medida compensatória ao trabalho infantil. Essa é uma das poucas medidas que tem a prevenção como mecanismo mais importante na erradicação do trabalho infantil”, avaliou o coordenador no Brasil do Programa Internacional para Erradicação do Trabalho Infantil (IPEC) da OIT, Pedro Américo de Oliveira.

Foi por este motivo que o coordenador do IPEC no Brasil propôs, nesta quarta-feira, ao ministro da Educação, Cristovam Buarque, a elaboração de uma cartilha sobre o programa. O objetivo da publicação que será distribuída pela OIT é orientar outros países na implantação de programas de incentivo à freqüência escolar, nos moldes do Bolsa Escola.

Participaram da reunião com o ministro, o secretário do Programa Nacional de Bolsa Escola, Marcelo Aguiar; a oficial de programas para a América Latina, Maria Arteta; e o especialista em Educação do IPEC, Lélio Bentes Correa, ambos da OIT.

Na reunião, Pedro Américo propôs a realização de uma reunião técnica em Genebra, Suíça, entre os governos que já desenvolvem esse tipo de programa e os interessados em adotá-lo, incentivando e facilitando sua implementação pelo mundo.

Segundo Marcelo Aguiar, cerca de nove países já possuem programas semelhantes ao do governo brasileiro. A data da reunião ainda não está definida.