Ocupação da PM na Vila Cruzeiro completa duas semanas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de maio de 2007 as 10:38, por: cdb

Nesta terça-feira, a Polícia Militar completa duas semanas de ocupação na Favela Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, Penha, Zona Norte. Soldados do Batalhão de Operações Especiais reforçam o patrulhamento nas entradas e saídas da comunidade, mas não há policiamento ostensivo. O comércio funciona normalmente, mas as escolas continuam fechadas por medida de segurança. Não houve confrontos até o momento.

Nesta segunda-feira, traficantes voltaram a colocar novos obstáculos à entrada de policiais. Além de vergalhões de ferro fincados com cimento no chão e óleo derramado nas pistas dos principais acessos à Grota, no Complexo do Alemão, enorme buraco foi aberto em uma das ruas próximas à Estrada do Itararé, para impedir a passagem de blindados. Para abrir o ‘fosso’, criminosos removeram bueiro do lugar.

A operação é para prender os bandidos que mataram, na noite do dia 1º de maio, dois soldados da PM em uma esquina de Oswaldo Cruz, na Zona Norte. Ninguém foi preso até o momento. Pelo menos 15 pessoas já morreram e 46 ficaram feridas.

Segundo o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, a Polícia Militar estuda um plano para ampliar a operação realizada na Vila Cruzeiro, para outras cinco comunidades. Segundo ele, mais detalhes não poderão ser divulgados para não prejudicar o trabalho da polícia.