Obras no rio São Francisco começam em junho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de maio de 2007 as 10:49, por: cdb

As obras do projeto de integração do Rio São Francisco às bacias hidrográficas do Nordeste Setentrional vão ser iniciadas no dia 1º de junho. O Exército fará a abertura das escavações dos canais dos eixos leste e norte, nos municípios de Cabrobó (PE), e Itaparica (BA). O trabalho tem a participação de mil homens. O próximo passo será o julgamento das propostas apresentadas por 76 empresas do setor privado.

A confirmação foi feita pelo deputado federal, Marcondes Gadelha, (PTB/PB), relator no Congresso Nacional do projeto São Francisco.

Gadelha lembrou que o empreendimento beneficiará 12 milhões de nordestinos em 240 municípios, com água potável, para irrigação e para serviços urbanos como hospitais, escolas, comércio e indústria. Segundo ele, o projeto vai representar “um avanço significativo” para o desenvolvimento econômico e social da região.

– A falta de água é um gargalo para o desenvolvimento sustentável, é um obstáculo que precisa ser vencido de todo jeito. Da maneira como está, a demanda nunca vai ser atendida porque não existe água de superfície, subsolo e a que cai do céu é muito pouca. A escassez de água torna muito difícil a vida das populações na região – disse ele.

Sobre os opositores do projeto, o deputado acredita que eles não irão mais atrapalhar o andamento dos trabalhos, já que está sendo atendida uma das principais exigências, a revitalização do Rio São Francisco.

– Queremos o diálogo e a conciliação. Todas as questões técnicas, financeiras e ambientais estão resolvidas, agora é partir para buscar o entendimento – afirmou.

Gadelha disse que o financiamento da obra, orçada em R$ 4,5 bilhões, já está garantido no Orçamento da União, no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e no Plano Plurianual de Investimentos.

O projeto prevê a retirada do Rio São Francisco de 26 metros cúbicos de água por segundo. A previsão é a de que obras estejam concluídas em quatro anos.