Obra da Hemobrás em Pernambuco vai demandar cerca de US$ 60 milhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de maio de 2006 as 10:18, por: cdb

O ministro interino da Saúde, José Agenor Álvares, e o governador de Pernambuco, José Mendonça Filho, assinaramnesta quinta-feira, no palácio do Campo das Princesas, documento que oficializa doação de um terreno, pelo governo estadual, para construção da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás).

A empresa será instalada numa área de 25 hectares, no município de Goiana, na zona da Mata Norte, a 60 quilômetros da capital pernambucana. A obra vai demandar investimentos da ordem de US$ 60 milhões. A expectativa é de que a Hemobrás entre em funcionamento no prazo de três anos.

A estatal será responsável pela produção de hemoderivados de sangue como fator VIII e fator IX (para pacientes hemofílicos), complexo protrombínico (destinado ao controle de doenças graves do fígado), além de imunoglobulina, (usada em pessoas com deficiência imunológica) e albumina, proteína presente no sangue.

Atualmente o governo brasileiro gasta US$ 100 milhões (o equivalente a R$ 207 milhões) por ano, com a importação de cinco produtos derivados do sangue, para suprir as necessidades de 9 mil hemofílicos que fazem tratamento, pelo Sistema Único de Saúde (SUS).