O novo ministro de Saúde Pública no Uruguai será Conrado Bonilla

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2003 as 15:31, por: cdb

O médico Conrado Bonilla será o novo ministro uruguaio de Saúde Pública e assumirá o cargo nos próximos dias, confirmou o vice-presidente uruguaio Luis Hierro López, em declarações publicadas hoje, pela imprensa local.

“Espero que o novo ministro tenha uma conexão muito boa com o Parlamento”, disse Hierro López, que também é presidente da Assembléia Geral (senadores e deputados), ao jornal El País.

Bonilla, integrante do setor do Partido Colorado ao qual pertence o presidente Jorge Batlle, será o quarto ministro de Saúde Pública do Governo que assumiu em março de 2000.

O ministro anterior, Alfonso Varela, também próximo ao presidente, renunciou na quarta-feira passada em meio a um escândalo sobre a descoberta de que, por vários meses, ocultou informações a respeito de laboratórios que falsificavam resultados de análises clínicas.

Varela teve que renunciar ao perder o apoio do Partido Nacional, também conhecido como “Blanco”, o outro tradicional bloco político do país que até outubro integrou a coalizão de Governo e cujos votos no Parlamento são fundamentais para que o Governo possa aprovar leis.

Bonilla já ocupou anteriormente cargos de responsabilidade na Saúde Pública e, em março de 1998, foi destituído da direção do hospital infantil Pereira Rossell depois de denunciar publicamente graves irregularidades e roubos nesse centro de saúde.

Mais tarde, candidato ao governo de Maldonado, o departamento (estado) em que está Punta del Leste.

O Ministério de Saúde Pública tornou-se o “calcanhar de Aquiles” do Governo uruguaio e é o único que até agora teve três ministros diferentes durante os três anos da administração atual.