Número dois de Saddam não foi capturado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 3 de dezembro de 2003 as 08:16, por: cdb

A “grande personalidade” do regime Iraquiano anunciada como “morta ou capturada” no ataque das tropas americanas perto de Tikrit, no Iraque, não é Ezzat Ibrahim, antigo “número dois” de Saddam Hussein.

Ezzat Ibrahim “não foi capturado nesse ataque”, afirmou o comandante Doug Vincent (173/a Divisão Aerotransportada).

Um membro do conselho de governo transitório iraquiano, Muaffak al-Rubai, disse na rede de TV Al-Jazira que “uma grande personalidade” do antigo regime havia sido “morta ou capturada” na operação e admitiu que se poderia tratar de Ezzat Ibrahim.

Durante a operação, que envolveu 1.200 soldados, as forças norte-americanas procuravam alguém que “mantinha relações próximas” com Ezzat Ibrahim, afirmou um outro oficial.