Novos ataques rebeldes em Burundi matam 30 pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de julho de 2003 as 19:25, por: cdb

Cerca de 30 pessoas, entre elas alguns civis, morreram, nesta segunda-feira, em novos combates na capital do Burundi, Bujumbura, e durante um ataque rebelde no norte do país, informaram emissoras de Nairóbi.

O governo burundinês informou que 17 guerrilheiros das Forças para a Defesa da Democracia (FDD) morreram quando o Exército respondeu seus ataques com lança-granadas e metralhadoras contra três diferentes bairros de Bujumbura.

O Exército informou que outras 11 pessoas morreram nos ataques, mas não disse se havia baixas em suas próprias filas. Acredita-se que alguns destes mortos eram civis.

Ao mesmo tempo, outros dois civis acabaram mortos em outro ataque rebelde no norte do Burundi.

O FDD, diferentemente de outras milícias hutus, rejeita os acordos de paz que conduziram à formação de um governo de unidade, com a alternância na presidência entre hutus, que são 85 por cento da população, e tutsis, que constituem apenas 15 por cento dos burundineses.