Novo vazamento de água interdita casas em SP

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de abril de 2003 as 12:12, por: cdb

16 casas foram interditadas e 60 pessoas estão desabrigadas devido a novo vazamento na rede de abastecimento de água, na região do Jabaquara, Zona sul de SP. O vazamento, desta vez, teria ocorrido por causa de uma ligação clandestina na tubulação que abastece uma das casas da região e provocou rachaduras nos imóveis vizinhos. Segundo a Sunprefeitura do Jabaquara, três casas correm o risco de desabar.

A Sabesp, empresa que controla o abastecimento de água na cidade, informou que teria sido acionada na segunda-feira para consertar um vazamento na Rua Mossul, no Jardim Mendes Gaia. O vazamento atingia a casa número 43, mas técnicos da empresa descobriram que ele já havia provocado rachaduras e danos nas casas próximas.

A empresa notificou a prefeitura sobre o estado das casas vizinhas, onde a água, acumulada no solo, teria abalado a fundação dos imóveis.

“Como o aterro das casas foi feito de entulho, a água acumulada pelo vazamento levou a fundação embora” afirmou Fernando Molles, coordenador de infra-estrutura urbana da Subprefeitura do Jabaquara.

Segundo Molles, os moradores foram notificados a deixar as casas interditadas, porque há risco de desabamento.

No sábado, cinco casas desabaram na Casa Verde, Zona Norte, após o rompimento de rede de água da Sabesp (leia texto abaixo).

– Como o aterro das casas foi feito de entulho, a água acumulada pelo vazamento levou a fundação embora – disse. Segundo Molles, os moradores foram notificados ontem a deixar as casas interditadas, porque há risco de desabamento.

– Três casas estão com rachaduras e as pessoas não poderão mais ficar ali – afirmou.

O pavimento da rua, segundo Molles, não foi afetado. Ele diz que há 15 dias mais três casas foram interditadas na Rua Antônio Tenreiro, Jardim Sul São Paulo, por causa de vazamento na rede de água, que solapou a terra sob dos imóveis e houve risco de desmoronamento.