Novo projeto de Win Wenders é sobre o Blues

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de maio de 2003 as 12:37, por: cdb

Wim Wenders chamou a atenção do mundo para a música cubana quando criou o filme Buena Vista Social Club. Agora ele se prepara para fazer o mesmo com o blues, com The Soul of a Man.

O documentário mais recente do diretor alemão é um tributo aos músicos de blues que influenciaram gerações de cantores, desde o Cream até Lou Reed.

– Essas canções são tudo para mim – disse ele. – Achei que existe mais verdade nelas do que em qualquer livro que já li sobre a América ou qualquer filme que já vi.

– Procurei descrever o que me comoveu tanto, de maneira mais semelhante a um poema do que a um documentário – acrescentou ele em comunicado à imprensa.

Wenders escolheu três nomes lendários do blues para homenagear: Blind Willie Johnson, Skip James e J.B.Lenoir. A voz que narra a história é de Laurence Fishburne, de Matrix.

O jornal especializado Variety ficou impressionado com o longa-metragem, a ponto de publicar uma resenha dele na primeira página de sua edição de Cannes.

– Este filme enormemente prazeroso de se assistir possui estofo para agradar a um público muito maior do que o dos fãs de música, fazendo pelo blues o que o diretor fez pela música cubana com Buena Vista Social Club – escreveu a publicação.

Wenders afirma que essas canções vão sobreviver, e, para deixar claro o que pensa, incluiu no filme cenas da nave espacial Voyager ultrapassando o sistema solar.

Entre os itens colocados no Voyager, para serem vistos por possíveis extraterrestres que porventura venham a encontrar a nave, estão gravações de blues.