Novo plano de combate à violência no Rio será apresentado a Lula

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de março de 2003 as 08:35, por: cdb

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, apresenta nesta quarta-feira ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nova versão do plano federal para combate à violência no Rio.

Caso Lula concorde com as sugestões do Plano B para o Rio, as propostas serão submetidas à apreciação da governadora Rosinha Matheus até o fim desta semana. O conjunto de sugestões foi elaborado por Luiz Eduardo Soares e aprovado, quase na íntegra, por Thomaz Bastos.

Entre as propostas aprovadas nesta terça-feira pelo ministro, está a contratação urgente de cinco mil agentes policiais e administrativos para a Polícia Federal. Boa parte desse contingente vai reforçar a estrutura da Polícia Federal no Rio.

O governo também insistirá na proposta de federalização de Bangu I. O governo não quer, conforme sugeriu a governadora do Rio assumir o controle de Bangu III. Para isso, o governo federal teria que contratar pelo menos 3.600 agentes penitenciários.

Outra medida que poderá ser aplicada é a liberação de mais recursos para a reestruturação de setores da segurança estadual, especialmente setores da perícia da Polícia Civil.