Norte: maioria dos desempregados sem subsídio de desemprego

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de setembro de 2011 as 06:49, por: cdb

Segundo revela o relatório Norte Conjuntura, 55% dos desempregados da região Norte não recebia, no segundo trimestre de 2011, prestação de desemprego. Os salários registaram, por sua vez, uma quebra nominal de 0,5% e uma descida real de 1,8%.Artigo |22 Setembro, 2011 – 13:25Foto de Paulete Matos.

Para a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da região Norte (CCDRN), estes dados justificam-se mediante a alteração das regras de atribuição do subsídio de desemprego e o aumento do desemprego entre os mais jovens, que não chegam a trabalhar o tempo suficiente para ter direito à prestação.

No ano passado, a situação era inversa, sendo que a maioria dos desempregados teriam direito ao respectivo subsídio. Os números agora divulgados apontam para uma agudização acentuada das condições de vida da população nortenha.

Segundo o relatório Norte Conjuntura, foram criados três mil empregos na região norte, contudo, estes não beneficiaram os jovens e os mais idosos. Paralelamente, e a par de uma inflação de 1,3%, registou-se, no norte, uma quebra salarial de 0,5%, que representa uma quebra real nos rendimentos de 1,8%.